16 abril 2017

O Fim da Eternidade | Isaac Asimov







"O pensamento era simplesmente este: ele arruinaria a Eternidade, se tivesse de fazê-lo.
O pior era que ele sabia que tinha o poder de fazê-lo.
"








AUTOR: Isaac Asimov (1919-1992), russo, foi bioquímico e escritor tanto de divulgação científica como de, pelo o que é mais conhecido atualmente, ficção científica. É considerado um dos mestres do gênero e sua obra mais famosa é a Trilogia da Fundação. Também já escreveu obras de mistério, fantasia e não-ficção.

DO QUE SE TRATA: É meio complicado explicar sem dar spoilers. Mas enfim, existem os chamados Eternos, pessoas que trabalham na Eternidade. Essa Eternidade é um "lugar" fora do tempo e da realidade, não sendo afetada por nenhum dos dois. Os Eternos devem detectar fatos históricos que possam prejudicar o futuro, voltar no tempo e realizar Modificações Mínimas Necessárias (MMN) na realidade atual para resolver esse "problema". Porém existem alguns séculos chamados de obscuros aos quais os Eternos não tem acesso. E ninguém sabe o que tem/tinha/terá nesse período, afinal são obscuros não é? 

OPINIÃO: Eu já disse que curto viagem no tempo? Porque o autor brincou com isso lindamente nesse livro. Simplesmente incrívelO início pode ser meio parado porque é onde se explica como funciona a Eternidade, os cargos e funções de cada um. Mas depois que as coisas começam a acontecer a leitura flui que é uma beleza. Claro que eu dei algumas travadas quando a explicação envolvia física, mas isso não tirou nem um pouco o meu interesse pela história. Ao mesmo tempo tem toda aquela vibe de "ninguém entra no mesmo rio duas vezes" que eu curto bastante. Conforme a história avança a gente não consegue ver uma resolução para a trama que é construída e que, por sinal, só complica mais a cada página. Ainda assim ela é concluída de maneira brilhante! Essa foi minha estréia com o sr. Asimov e agora só digo que quero ler TUDO que esse homem já escreveu. <3

AVALIAÇÃO:


Gostou? Compartilhe com os amigos. Discorda? Então deixe sua opinião aqui nos comentários! ;) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário